Difference between revisions of "Brasil"

From OSGeo
Jump to: navigation, search
(Comunicação: adicionei informacões sobre o IRC)
m (Comunicação)
Line 39: Line 39:
  
 
Outros canais de IRC (todos na Freenode) interessantes (em inglês) são: #gdal, #grass, #osgeo, #qgis, #mapserver, #gpsd ...
 
Outros canais de IRC (todos na Freenode) interessantes (em inglês) são: #gdal, #grass, #osgeo, #qgis, #mapserver, #gpsd ...
 +
 +
Se por alguma razão não puder acessar os servidores da Freenode, tente o servidor da [http://irc.telascience.org telascience]. É um script que roda uma página web. Deve servir para aqueles que não tem acesso ao IRC por outros modos.
  
 
== Links Úteis ==
 
== Links Úteis ==

Revision as of 10:07, 26 June 2007

Brazilian OSGeo Chapter

This is a first try at getting the brazilian users to get to know each other and who is doing what. So, after that, we may try to form a proper local chapter. From this point onwards, the page will be in portuguese.

OSGeo Seção Brasil

(Obviamente esta página pode e deve ser modificada para representar o pensamento dos usuários brasileiros =D Pmarc 18:56, 31 May 2006 (CEST))

Aos usuários brasileiros de softwares livres geoespaciais:

A criação de uma espécie de Seção Brasileira da OSGeo é o objetivo desta página. Primeiramente gostaríamos de saber quem são os brasileiros trabalhando com geotecnologias livres, onde trabalham e o que fazem. Depois poderíamos organizar uma reunião e fundar a associação propriamente dita.

Alguns dos objetivos que podem ser alcançados de maneira mais eficiente com a criação de um grupo local forte:

  • Localização das interfaces dos programas;
  • Melhoria da documentação em português;
  • Criação e desenvolvimento de 'expertise' nacional;
  • Influenciar na adoção de geotecnologias livre nos governos;
  • Influenciar nas políticas relacionadas á geoinformação, semelhante á iniciativa Public GeoData, em consonância com as diretrizes do Public Geospatial Data Committee, adaptado ás necessidades e realidades nacionais;
  • Divulgação e promoção da OSGeo como um todo, consoante ás diretrizes do Promotion and Visibility Committee;
  • Promover a adoção da educação em geotecnologias a partir dos softwares livres existentes, conforme o Education and Curriculum Committee, bem como participar da elaboração de uma proposta de currículo educacional em geotecnologias livres

É importante que a criação do grupo não interfira com as linhas gerais propostas. Ver também a lista de propostas para seções locais.

Comunicação

Já temos listas de discussão:

Ou pela página http://lists.osgeo.org/mailman/listinfo/brasil.

Outras listas da OSGeo podem ser acessadas nesta página

Temos um canal de IRC na rede Freenode. O Canal é #osgeo-br. Há dois bots residentes, o CIA, que monitora a atividade de vários projetos livre de geo e o sirgas, que é responsável por monitorar toda a atividade do canal. Por enquanto os logs do canal não estão disponíveis na web, mas estarão brevemente.

Outros canais de IRC (todos na Freenode) interessantes (em inglês) são: #gdal, #grass, #osgeo, #qgis, #mapserver, #gpsd ...

Se por alguma razão não puder acessar os servidores da Freenode, tente o servidor da telascience. É um script que roda uma página web. Deve servir para aqueles que não tem acesso ao IRC por outros modos.

Links Úteis

Fontes de Dados

Lista dos Usuários Brasileiros

A lista membros brasileiros da OSGeo foi para esta página.

Reunião da OSGeo no III ENUM - Brasília/DF (10/05/2007)

Participantes

  • Adriano Rodrigues
  • Alessandro Simplício
  • André Cruvinel Resende
  • Fabiano Morelli
  • Fernando Quadro
  • Fernando Simon
  • Helton Uchoa
  • Marcel Martinho
  • Marcelo F. M. Persegona
  • Mario Garcez
  • Nuno Santa Rosa
  • Rafael Sperb

Resumo da Reunião

  • O Tyler fez uma apresentação sobre como estão sendo compostos os capítulos da OSGeo, citando exemplos e explicando que a criação dos mesmos está relacionada a algum tipo de característica em comum dos grupos podendo ser geográfica (de um mesmo país, por exemplo), língua, etc.
  • O Uchoa explicou para o Tyler que o grupo (presente naquele momento em Brasília) era pequeno em relação a comunidade brasileira. Estava faltando alguns membros importantes da comunidade de FOSS GIS, bem como não existia qualquer membro da região Norte. Da região Nordeste, existia apenas um pequeno grupo da Bahia.
  • Foi feito uma divisão de atividades. O André Cruvinel preparou um quadro com a divisão das atividades e os nomes dos envolvidos em cada uma delas. Entre as atividades, ficou estabelecido um comitê temporário para tratar do capítulo brasileiro da OSGeo.
  • O Rafael Sperb apresentou a idéia de propor o FOSS4GIS em Florianópolis. O Uchoa apresentou algumas considerações no sentido de que fazer um evento deste porte fora da cidade de São Paulo (onde se concentram os grandes eventos de tecnologias do país) poderia gerar dificuldade de captação de recursos de patrocinadores, tendo em vista que as grandes empresas de GEO e TI estão em SP, e os grandes negócios são tratados e fechados por lá.

Divisão de Tarefas

  • Comitê Temporário
    • Adriano
    • André Cruvinel
    • Edmar Moretti
    • Eduardo P. Kanegae
    • Fabiano Morelli
    • Fernando Flisk
    • Getulio
    • Helton Uchoa
    • Marcelo Persegona
    • Paulo Marcondes
    • Rafael Sperb
  • Tradução do portal da OSGeo
    • G10 - Univali
  • Atualização WIKI
    • André Cruvinel
    • Helton Uchoa
    • Paulo Marcondes
  • Grupos a serem convidados
    • GEOSERVER (Fermando Quadro/Nuno)
    • GRASS (Paulo Marcondes)
    • INPE
    • MundoGeo
    • OSSIM
    • PostGis
    • QGIS (André Cruvinel)
    • Webmapping
  • Definição da Missão (prazo 2 semanas)
    • Rafael Sperb
    • Helton Uchoa
  • Criação da Lista OSGeo Brasil (já criada)
    • André Cruvinel
    • Paulo Marcondes
    • Rafael Sperb
  • FOSS4G2008
    • Rafael Sperb