Portugal

From OSGeo
Revision as of 16:30, 2 October 2008 by Mtavares (talk | contribs)
Jump to navigation Jump to search

Introdução

Chegou à página wiki do Capítulo Local do Osgeo em Portugal.

Este grupo tem como interesse comum a criação duma comunidade portuguesa de interessados em software livre de código aberto para SIG, tentando promover uma rede que permita intercâmbio de experiências e suporte mútuo. Assim, esta página pretende ser um ponto de encontro da comunidade, cartão de visita para os novos colaboradores, assim como um ponto de informação e divulgação do Software Livre no âmbito dos Sistemas de Informação Geográfica.

Nota Histórica

As II Jornadas de SIG Livre que decorreram em Girona (Espanha) em Abril de 2008 permitiram o encontro de vários Portugueses, que descobriram um interesse comum em promover o desenvolvimento do SIG livre em Portugal. Foi um ponto de encontro que permitiu conhecer o representante da Osgeo e alguns membros do Capítulo local espanhol, que imediatamente aproveitaram para nos lançar o desafio de criar também um grupo em Portugal. Neste sentido, considerou-se importante conseguir criar uma comunidade, o mais numerosa possível, que pense, discuta, desenvolva, organize, apoie e divulgue as acções levadas a cabo nesta área. Decidiu-se, como primeiras iniciativas, criar uma Mailing List e esta página, o Capítulo Local Português na OSGeo.

Partilhamos a esperança de que existem muitos mais portugueses com os mesmos ideais e com vontade de ajudar nesta tarefa em prol de todos e do desenvolvimento do SIG no nosso país!

Como participar

Por favor leia a página sobre o papel do Capítulo Local e as suas Responsabilidades antes de inscrever-se. Para inscrever-se basta criar um login no wiki (link no canto superior direito da página) para poder editar as páginas, e de seguida editar esta página acrescentando o seu nome (basta seguir a lógica dos que já estão na lista).
Depois de criar o seu login, poderá criar a sua página de utilizador, usando o link "http://wiki.osgeo.org/wiki/login_escolhido" e editando-a. Se na página incluir o marcador [[Category: Portugal]], será incluído automaticamente na lista de utilizadores do Capítulo português.
Mantendo a tradição, pode também incluir as coordenadas LatLon da sua localização na sua página de utilizador.

Lista de correio

A ferramenta principal para comunicação entre todos os interessados. Inscreva-se a se quiser apresente-se à comunidade. Ideal para se manter a par de novidades do Capítulo e do Software Livre de Código Aberto para SIG! Lorenzo Becchi é o actual administrador da lista de correio Portugal para a OSGeo:

http://lists.osgeo.org/mailman/listinfo/portugal

Wiki

Este wiki está aberto à participação de todos os interessados. Se não sabe bem como editar veja a Ajuda. Será a ferramenta preferencial para organizar actividades do Capítulo.

Lista de Interessados

(criar página autónoma -> se todos colocarem nas suas páginas o marcador [[Category:Portugal]] a lista fica automaticamente feita na página de Portugal)

  1. Lorenzo Becchi
  2. Victor Ferreira, Arquitecto, Lisboa, Portugal.
  3. Miguel R. Luaces, Engenheiro Informático, Ferrol, Espanha.
  4. Fred (Frédéric Lehodey), Algarve Digital, Algarve.
  5. Martinho (José Lourenço), Eng. Geólogo, Vila Real, Portugal.
  6. Jorge Gustavo Rocha, Eng. Informático, Braga, Portugal.
  7. Danilo Furtado, Msc. Ciência e Sistemas de Informação Geográfica, Lisboa, Portugal.
  8. Pedro Duarte, Sintra, Portugal.
  9. Mário Rui Gomes, Engenheiro Informático, IST/UTL campus do TagusPark, Oeiras, Portugal.
  10. Miguel Tavares, Engenheiro Geografo, Câmara Municipal de Águeda, Portugal.
  11. Giovanni Manghi, Unidade de Biologia da Conservação, Universidade de Évora, Portugal.
  12. Eloi Ribeiro, Técnico SIG, Valencia, Espanha.
  13. Vânia Neves, Unidade de Biologia da Conservação, Universidade de Évora, Portugal.
  14. André Barbosa , Estudante de Eng. Ambiente, Universidade de Aveiro
  15. Pedro Monteiro, Instituto Regional de Ordenamento Agrário SA, Mestrando do Msc. Ciência e Sistemas de Informação Geográfica, Ponta Delgada, Portugal.
  16. Nelson Silva, Técnico SIG, Coimbra, Portugal.
  17. Duarte Carreira, Cuba (Alentejo!), Portugal.
  18. Margarida Laginha San-Payo, Lisboa, Portugal.
  19. Hugo Poeira, Lisboa, Portugal.
  20. João Pina Souza, Lisboa, Portugal.
  21. José Manuel Estêvão, Vila Real, Portugal.
  22. Luis Gonçalves Seco, CICGE, FCUP, Portugal.
  23. Vítor Torres Videira, UM, Portugal.
  24. Avelino Rego, UM, Portugal.
  25. Nelson Silva, UM, Portugal.
  26. Toze (António José Silva), Engenheiro Geógrafo, Águeda, Portugal.
  27. Inscreva-se na lista aquí

Actividades (grupos de trabalho)

Listagem de actividades propostas pelos membros. As propostas deverão vir acompanhadas dos nomes dos membros responsáveis pela actividade.

Jornadas de Software Aberto para SIG

Estas jornadas decorrerão de 20 a 22 de Outubro de 2008, na Escola Superior de Tecnologia de Águeda, em Águeda.

Toda a informação sobre o evento está em Jornadas de Software Aberto para SIG.

Existe também uma breve introdução ao evento em Inglês Open Source for GIS Meeting in Portugal, para dar a conhecer o mesmo a toda a comunidade OSGeo.

Difusão em eventos e conferências

Listar aqui eventos que possam ser alvos para divulgação das nossas actividades (indicar responsável pela acção).

Tradução e Documentação

No sentido de reunir trabalhos de documentação realizados, foi criada a página de Documentação em Português de ferramentas SIG.

Glossário

Importante criar um glossário para suportar toda a actividade de tradução, permitindo coerência global de termos utilizados. PRIORITÁRIO! EM PREPARAÇÃO

SIG: Glossário Português

Directório de Software

Directório de software utilizado em Portugal.

Papéis a desempenhar pelo Capítulo (pt)

O Open Source já demonstrou ser um ambiente sólido para a construção de software robusto através da colaboração global aberta. A Fundação Software Geoespacial Aberto (OSGeo) foi criada para apoiar e construir software geoespacial da mais alta qualidade.

A meta da OSGeo é promover o uso de projectos OSGeo globalmente através de uma colaboração localizada forte e a presença em diferentes domínios geográficos e linguísticos. Para além de constituir uma voz local forte para a OSGeo, algumas das principais vantagens da presença desta associação local de OSGeo no enriquecimento e melhora das iniciativas geoespaciais globais são:

  • Promover apoio e oportunidades de trabalho aos membros através da rede
  • Internacionalização e localização de software
  • Desenvolver protótipos de aplicações para demonstrar as capacidades do software livre geoespacial a audiências locais ou regionais
  • Software Packaging e Customization para as necessidades locais e regionais
  • Educação, suporte e desenvolvimento de conteúdos de aprendizagem em Português
  • Suporte de standards abertos e acesso aberto a dados geoespaciais da região
  • Promover OSGeo e melhorar a sua visibilidade em vários fóruns

Estas actividades complementariam e fortaleceriam os esforços da OSGeo no aumento do conhecimento da disponibilidade de soluções geoespaciais de código aberto estimulando a sua adopção na educação, indústria, governo e organizações sem fins lucrativos em vários domínios geográficos e linguísticos.

Responsabilidades do Capítulo (pt)

OSGeo não distingue entre um grupo geográfico e um linguístico e estimula a organizaçäo autónoma de forma similar aos Grupos de Utilizadores ou Grupos de Interesse Especial em outros projectos Open Source. Os Grupos de Utilizadores ou os Grupos de Interesse Especial näo representam formalmente a OSGeo mas podem aproveitar alguns dos serviços como a utilzação da Wiki da OSGeo. O Capítulo Português oferece uma estrutura formal de organizaçäo autónoma baseada numas poucas directrizes enumeradas de seguida:

  • O Capítulo Português representa oficialmente a OSGeo e é formalmente reconhecido como um projecto de OSGeo.
  • O Capítulo Português deve apoiar as missões e objectivos da OSGeo.
  • O Capítulo Português deve manter encontros regulares (pelo menos um anualmente) e proporcionar um relatório anual sobre as actividades do mesmo ao Comité de Direcção da OSGeo.
  • O Capítulo Português não disporá de nenhum compromisso financeiro de ou em nome da OSGeo. Da mesma maneira, a OSGeo não proporcionará nenhum orçamento ao Capítulo Português.
  • O Capítulo Português deve esforçar-se na sua relação com as organizações para conseguir a participação e o suporte para a OSGeo.
  • A OSGeo reserva-se o direito de terminar a sua relação com o Capítulo Português se tiver razões para crer que as actividades do Capítulo Português säo contrárias ou em detrimento da Missão e Objectivos da OSGeo.

Vantagens do Capítulo (pt)

  • É permitido ao Capítulo Português o uso do logótipo da OSGeo e outros recursos de imagem corporativa para promover a Missão e Objectivos da OSGeo.
  • A OSGeo proporcionará a infra-estrutura necessária para promover a comunicação e visibilidade do Capítulo Português. A infra-estrutura inclui uma lista de correio, hospedagem para páginas wiki e serviço de domínio para o Capítulo Português.

Formação do Capítulo

Para formar um capítulo, deverão ser tomados os passos seguintes:

  1. O "Capítulo OSGeo" deverá auto-organizar-se (por exemplo no wiki OSGeo, via lista de email OSGeo, etc) procurando determinar se existe uma massa crítica de interesse, que justifique um capítulo local.
    1. FEITO: Lista de email e esta página.
  2. O "Capítulo OSGeo" deverá preparar os objectivos e missão indicando o escopo do capítulo planeado (extensão geográfica ou linguística por exemplo). A FAZER
  3. O "Capítulo OSGeo" deverá propor um representante oficial de ligação à direcção da OSGeo. Se aceite pela OSGeo, o representante será um oficial da OSGeo (officer?) A FAZER
  4. O "Capítulo OSGeo" deverá submeter uma declaração oficial de interesse em formar um capítulo à direcção da OSGeo, listando os membros iniciais, missão, representante e outra informação de suporte A FAZER
  5. A direcção da OSGeo deverá então aprovar uma moção formalizando o capítulo, e designando o oficial de ligação. A FAZER

Ao considerar a formação de novos capítulos OSGeo, a direcção tomará em consideração alguns assuntos, incluindo:

  • O mandato do capítulo (geográfico ou linguístico) conflitua com outros capítulos existentes ou em formação?
  • O capítulo parece ter interesse suficiente para justificar criação oficial?
  • O capítulo parece ser aberto a inscrição por todos, e representativo da comunidade geográfica ou linguística alvo? (Por exemplo se o alvo fosse incluir todos os falantes de uma certa língua, seria desapropriado ter só inscritos dum só país)

Ver também

Links Uteis Portugal